Infos COVID
24° 27°
Weather
Favoritos 0
Langouste

As especialidades culinárias, surpresas para suas papilas

Realmente cosmopolita, a população de Saint-Martin adotou e, às vezes, adaptou a culinária de diversas culturas. Os chefs dos grandes restaurantes combinam as tradições e riquezas locais com seus conhecimentos gastronômicos. Oriunda da mistura das várias influências que Saint-Martin experimentou ao longo dos séculos, a culinária francesa com sabores caribenhos é a especialidade da ilha. Esta cozinha mestiça, à imagem da Friendly Island, saberá maravilhar suas papilas e surpreender todos os seus sentidos. Você apreciará a mistura sutil de sabores, doces picantes, pimentões vermelhos, chuchus, peixes, lagostas e crustáceos…

A gastronomia de Saint-Martin possui o seu próprio perfume e uma originalidade só dela. Ela reflete o clima ensolarado da ilha, a alegria dos seus habitantes, a sua música tradicional e os produtos locais. Aqui, as pessoas costumam cozinhar ao ar livre, em grandes churrasqueiras. Você poderá encontrar facilmente no mercado de Marigot todos os ingredientes básicos desta cozinha ensolarada.

Ocean 82

Grand-Case, capital gastronômica de Saint-Martin

O litoral de Grand Case, no noroeste da ilha, é o ponto de encontro incontestável dos melhores chefs de Saint-Martin. Sua rua principal está repleta de restaurantes que satisfarão todos os gostos e desejos: a cozinha tradicional francesa concorre com estabelecimentos que servem especialidades italianas, crioulas e caribenhas. Aqui reina um alegre e suculento melting pot gastronômico! 

Lolo cuisine grand air

Quem desejar se aproximar da cultura caribenha poderá apreciar uma lagosta grelhada ou um caranguejo recheado, servidos nos lolos que margeiam a praia de Grand Case. Instalados ao ar livre, a beira mar, estes restaurantes típicos são a maneira mais autêntica de viver Saint-Martin. 

As especialidades de Saint-Martin

Entre os pratos que os moradores locais mais apreciam, os visitantes não devem deixar passar o Oxtail Stew (ragu de rabo de boi), saborosos pãezinhos fritos chamados Journey Cakes, os Jacks (peixes fritos), des pâtés en croûte recheados com carne bovina ou peixe e o prato tradicional da ilha, o crab and rice. Uma maravilha para as papilas e uma descoberta culinária que você não pode perder! Numerosos restaurantes da ilha propõem estas especialidades em seus cardápios. Seja curioso!

Crab and rice

Do lado mar, o pargo é um excelente peixe (tão delicado quanto o salmonete) que pode ser preparado no caldo ou em blaff (macerado com limão verde e, em seguida, selado ou no caldo). O dourado, o atum e o marlim, por sua vez, são comidos principalmente grelhados ou defumados. O lambi (um tipo de enorme escargot marinho) é delicioso em fricassê. Os acras (bolinhos de bacalhau com ervas finas ou legumes) e os caranguejos recheados delicadamente condimentados também são iguarias da ilha. Não faltam especialidades culinárias em Saint-Martin!

Crabe farci
Poissons Vivaneau pêche locale
Accras
Journey cakes

Perguntas e Respostas

Para se expressar, a gastronomia de Saint-Martin precisa de cerca de dez ingredientes básicos, que são encontrados na maioria das receitas. Para uma receita tradicional de sucesso, tenha sempre em reserva: limão, um maço de cebolinha, tomate, pimentão, cebola, alho, tomilho e especiarias (pimenta, pimenta-síria, noz-moscada, curry, pimenta-do-reino). Não se esqueça de ter no seu armário rum branco e arroz.

Para degustar as especialidades são-martinenses, aconselhamos ir aos restaurantes tradicionais da ilha. Os melhores endereços de Saint-Martin estão em Grand Case, nos lolos e na rua principal deste antigo vilarejo de pescadores, onde os melhores Chefs rivalizam, entre inovação e tradição. Os restaurantes de Marigot, da Baie Orientale, da Ilhota Pinel, do Colombier e do Pic Paradis são também endereços fabulosos.

Rum de guavaberry 

Guavaberry

receitas tradicionais

Este coquetel de frutas alcoolizado com o sabor do Caribe é incontornável. Existem tantas receitas quanto praias em Saint-Martin.

Receita fácil

Quais são os ingredientes?

Para 4 pessoas, você precisará de:

  • 150 ml de rum branco ou de rum velho,
  • 300 ml de suco de laranja, 300 ml de suco de abacaxi,
  • 300 ml de suco de goiaba e xarope de cana,
  • facultativo, um pouquinho de angostura (mistura de ervas e temperos) e de noz-moscada para um gosto mais forte.

Como realizar esta mistura?

Ajuste as doses na ordem indicada, misture bem e coloque a mistura em uma grande garrafa.
Feche bem a tampa para não perder o sabor. Leve ao refrigerador por algumas horas antes da degustação. Misture uma última vez (garrafa de cabeça para baixo) antes de colocar nos copos.
Sirvar sempre fresco. Aprecie com moderação!

História do rum de guavaberry

A guavaberry é uma baga caribenha de cor vermelha. É também o ingrediente de base de um licor da ilha de Saint-Martin, produzido a partir desta fruta. É chamada guavaberry, mirto ou murta em Porto Rico, guaveberry em Saint- Martin, guayabillo na Guatemala e coco-carette, cherry-wood ou ainda bois de basse batard em Guadalupe e na Martinica. Em português, diz-se cambuí.

O tradicional licor de guavaberry de Saint-Martin é produzido há séculos a partir de rum envelhecido em barris de carvalho, açúcar de cana e guavaberries selvagens das colinas no centro da ilha. Este licor é tradicionalmente bebido na época do Natal e toda família são-martinense honra a tradição, colocando uma garrafa na mesa para desfrutar, nas festas de fim de ano.

Receita fácil 

Quais os ingredientes para um bom rum de guavaberry ?

Esta mistura é preparada em grandes quantidades, porque os são-martinenses gostam de ter garrafas em reserva para beber ao longo do ano. A estação das frutas é de curta duração, portanto é preciso aproveitar quando elas estão maduras.

Para fazer 4 litros de bebida, você precisa de:

  • 1,2 kg de guavaberries,
  • 4 litros de rum branco,
  • 650 gramas de açúcar,
  • 2 paus de canela,
  • meio litro de água,
  • 2 vagens de baunilha.

Como realizar esta mistura?

Lave as guavaberries com água fria em uma peneira, abra-as e remova as sementes. Em seguida, mergulhe-as em rum para macerarem por cerca de 2 semanas.
Depois de macerado, misture o açúcar, a canela e a água em uma panela. Cozinhe em fogo médio e ferva por 10 minutos.
Retire do fogo e adicione as vagens de baunilha, divididas ao meio.
Deixe esfriar e infundir a baunilha.
Quando a preparação estiver completamente fria, ela tomará a forma de um xarope.
Despeje-o no frasco que contém o rum e as guavaberries.
Agite bem o frasco para garantir uma distribuição uniforme.
Para obter o melhor rum de guavaberry, recomendamos macerar por várias semanas antes da degustação. Aprecie com moderação!

Chamadas ribs, as costelas são uma verdadeira instituição em Saint-Martin! Elas são até mesmo as estrelas dos churrascos e jantares descontraídos com os amigos. Você pode experimentá-las em todos os lolos (restaurantes locais) da ilha. Cada restaurante tem sua própria receita, uma mais suculenta do que a outra.

Receita fácil

Quais são os ingredientes das costelas de porco à moda são-martinense?

Para 4 pessoas, você precisa de:

  • 1 kg de costelas de porco cortadas em pedaços,
  • 1 cebola,
  • 6 dentes de alho,
  • 1 limão verde,
  • molho barbecue.

Como fazer os ribs à moda são-martinense

Inicialmente, prepare uma marinada com uma boa dose de molho para churrasco, o suco de limão, a cebola picada e os seis dentes de alho picados. Misture rapidamente.
Em seguida, coloque a carne na marinada e mergulhe-a bem.
Deixe marinar por, pelo menos, duas horas. Coloque os pedaços de carne sobre a churrasqueira para cozinhar.
Tome conta das costelas para garantir que não queimem e lembre-se de virá-las para que cozinhem uniformemente.
Sirva com arroz simples ou crioulo.

Os acras podem ser servidos como aperitivo ou como uma refeição completa. São servidos acompanhados de salada verde. 

Receita fácil

Quais os ingredientes dos bolinhos de bacalhau?

Para 6 pessoas (12 bolinhos) você precisa de:

  • 230 g de bacalhau salgado,
  • 2 colheres de sopa de manteiga,
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva,
  • 1 cebola cortada grosseiramente,
  • 1 talo de aipo,
  • ½ pimentão verde picado,
  • 1 tomate picado grosseiramente,
  • 1 colher de chá de tomilho amassado,
  • 4 gotas de tabasco,
  • 1 pitada de pimenta,
  • 240 g de farinha,
  • 1 colher de café de fermento,
  • 3 gemas batidas,
  • ½ copo de leite,
  • manteiga, óleo de milho para a fritura.

Como fazer bons acras de morue?

Para dessalgar o bacalhau, deixe-o de molho em água fria durante doze horas. No final, escorra toda a água.
Ferva durante cinco minutos. Escorra novamente o peixe. Retire as espinhas e desfie.
Em uma frigideira com fundo grosso, aqueça manteiga e azeite de oliva em fogo médio, coloque a cebola, o aipo e pimentão verde até os legumes ficarem macios. Retire os legumes com um escumadeira e reserve.
Retire a gordura da frigideira.
Em uma tigela, misture cuidadosamente os legumes cozidos com o tomate picado, o tomilho, o tabasco, a pimenta e peixe desfiado.
Numa tigela, peneire juntos a farinha e o fermento. Junte as gemas batidas e o leite.
Misture até obter uma massa de consistência uniforme. Junte a esta massa, os legumes e o peixe. Misture tudo.
Aqueça o óleo de milho em uma panela de fundo grosso (180° C).
Usando duas colheres de sopa, forme uma bola da mistura.
Mergulhe-a no óleo quente e continue fazendo bolas de massa. Doure por cerca de 6 minutos. Vire-os.
Retire os bolinhos fritos com uma escumadeira e escorra bem e coloque sobre o papel absorvente. Sirva quente.

O caldo de peixe é um prato incontornável no Caribe. Esta receita de peixe ao molho é servida acompanhada de arroz branco. 

Receita fácil

Quais os ingredientes de um court-bouillon de poisson?

Para fazer esta excelente receita, nada de mais fácil.

Para três pessoas, você precisa:

  • 500 g de peixe vermelho ou branco,
  • 3 limões verdes,
  • 2 dentes de alho,
  • 5 cebolinhas,
  • 3 tomates,
  • tomilho, pimenta e sal.

Como fazer um court-bouillon de poisson?

Corte em pedaços o peixe previamente limpo.
Durante uma hora, deixe-o de molho numa marinada composta de suco de limão, pimenta, alho e sal.
Numa frigideira quente, esquente o óleo e refogue os cinco talos de cebolinha picados e os tomates sem sementes.
Junte à mistura os pedaços de peixe marinados. Doure os peixes dos dois lados. Recubra tudo com um pouco de água, adicione o tomilho e o pedaço de pimenta. Cubra e deixe cozinhar em fogo brande durante 15 a 20 minutos.
No final, adicione dois dentes de alho amassados e o suco de limão.
Sirva acompanhado de arroz branco.

A chiquetaille (que significa desfiado) é uma receita típica das Antilhas francesas. Geralmente é servida em folhas de alface ou em “féroce d’avocats” (misturado com a polpa de um abacate bem maduro amassada com um pouco de farinha de mandioca).

Receita fácil

Quais os ingredientes de uma chiquetaille de morue 

Para duas pessoas, você precisa de:

  • 200 g de bacalhau dessalgado,
  • 1 cebola,
  • 1 dente de alho,
  • pimenta,
  • azeite e vinagre.

Como fazer uma chiquetaille de morue?

Dessalgue o bacalhau previamente (deixar de molho, pelo menos, uma noite numa saladeira com água fria).
Em seguida, frite-o numa frigideira quente com óleo.
O peixe deve ficar cozido e dourado. Retire as espinhas, se necessário, e desfie com os dedos. Deixe esfriar.
Durante esse tempo, pique a cebola, o alho e a pimenta. Incorpore ao bacalhau.
Regue com um fio de azeite e vinagre e deguste.

O crab and rice é um prato clássico muito apreciado pelos antilhanos, saboreado especialmente durante as festas da Páscoa, quando as famílias se encontram na praia durante o fim da semana santa para passar o dia ou acampar.

Receita fácil

Quais os ingredientes do crab and rice?

Para 6 pessoas, você precisa de:

  • 2 rabos de porco salgados,
  • 200 g de toucinho defumado,
  • 6 caranguejos, 300 g de arroz,
  • 4 colheres de sopa de óleo,
  • 1 colher de café de óleo de urucum (opcional),
  • alguns cravos-da-índia,
  • 3 tomates,
  • pimenta, salsa, tomilho,
  • 4 dentes de alho,
  • 1 cebola,
  • 5 pés de cebolinha (maço de cebolinha).

Como fazer um crab and rice?

Corte o toucinho defumado em grandes cubos e mergulhe-os em água fervente.
Cozinhe os rabos de porco após cortá-los em pedaços.
Limpe cuidadosamente os caranguejos e refogue-os em óleo quente. Doure-os bem.
Numa panela bem quente, junte aos caranguejos os rabos de porco e o toucinho defumado. Doure tudo.
Incorpore as cebolas, a cebolinha, o alho, a pimenta, a salsa picada, o tomilho e os cravos. Refogue bem.
Em seguida, adicione os tomates picadinhos, sal e pimenta-do-reino. Incorpore o arroz previamente lavado e misture todos os ingredientes.
Incorpore a gordura das carapaças dos caranguejos, se você os lavou em casa. A gordura dos caranguejos dá untuosidade e perfume ao prato.
Se tiver óleo de urucum, coloque um pouquinho. Junte um pouco de água.
Deixe cozinhar em fogo médio, sem cobrir a panela, por 20 a 25 minutos.

Os chaussons são pequenos, roliços e recheados com carne temperada. Também podem ser de camarão ou peixe. São utilizados para coquetéis e aperitivos ou como acompanhamento do prato principal. Devem ser preparados em grande quantidade, pois somem da mesa muito rápido. Os chaussons au bœuf podem ser assados ou fritos, servidos quentes ou frios.

Receita fácil

Quais os ingredientes dos chaussons au bœuf?

Para preparar cerca de 18 peças de carne, você precisa, para o recheio, de:

  • 450 g de carne moída fina,
  • 2 cebolas médias picadas,
  • 1 pimentão verde picado, dos grandes,
  • 1 dente de alho picado,
  • 1 pimenta vermelha picada,
  • 2 ovos,
  • sal e pimenta,
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva.

Em seguida, para a massa, você precisa de:

  • 1 ovo,
  • 14 colheres de sopa de gordura vegetal,
  • ½ colher de café de sal,
  • 450 g de farinha,
  • 5 a 6 colheres de sopa de água gelada.

Uma gema para dourar a massa.

Como fazer os chaussons de bœuf?

Para preparar o recheio de carne, misture todos os ingredientes, menos os ovos, numa panela de fundo grosso.
Cozinhe em fogo médio até a carne pegar cor (5 a 7 minutos). Retire do fogo. Retire a gordura da panela.
Reserve numa tigela e deixe esfriar ligeiramente.
Bata os ovos e adicione à mistura. Mexa com cuidado.
Num segundo momento, para preparar a massa, bata ligeiramente o ovo.
Numa saladeira, coloque a gordura vegetal, o sal e o ovo.
Adicione a farinha ,aos poucos. Adicione a água e a farinha restante, para ela ser completamente absorvida.
Quando a massa estiver formada, amasse bem. Com um rolo esfarinhado, aplaine em uma folha fina e corte em círculos de 8 cm de diâmetro.
Coloque uma colher de sopa de recheio no centro de cada círculo. Dobrer a massa sobre ela mesma. Aperte firmemente as bordas.
Umedeça as bordas do pastel e pincele-os com a gema.
Espete os chaussons com um garfo e frite-os imersos em óleo quente (190° C) até obter uma cor dourada.
Coloque os chaussons numa placa untada e cozinhe num forno pré-aquecido a 200°C até qficarem dourados dos dois lados.
Conte vinte minutos de cozimento no forno.

Fontes: Ma Chance’s French Caribbean Creole Cooking
Jeanne Louise Duzant Chance G. P. Putman’s Sons Publishers

Este prato, muito apreciado, é incontornável na culinária caribenha.

O lambi é a estrela dos moluscos das Antilhas e é preparado em fricassé, ensopado e em salsicha. Ele é branco, com a carne macia, e sua concha espessa é delicadamente rosa e nacarada, em forma de espiral. Só é pescado em apneia, pois vive entre cinco e cinquenta metros, nos herbários e fundos marinhos arenosos. Ele também gosta dos recifes de coral e das algas dos quais se alimenta.

O fricassé de lambis é um prato muito típico, considerado um alimento de luxo, que requer um pouco de paciência no preparo.

Receita fácil

Quais os ingredientes para um fricassé de lambis? 

Para 4 pessoas, você precisa de:

  • 1 kg de lambis,
  • 4 cebolinhas (do tipo grande),
  • 1 cebola,
  • 2 tomates,
  • 1 dente de alho,
  • 1 limão,
  • salsa, tomilho, pimenta, pimenta-do-reino,
  • óleo.

Como fazer uma fricassé de lambis?

Para começar, prepare os lambis: rache-os, para retirá-los do interior, e esfregue-os cuidadosamente com água e limão; bata-os para amaciar.
Aqueça o óleo e refogue os lambis cortados em pedaços em uma frigideira. Adicione os tomates picadinho, a cebola picada, as cebolinhas, o alho, o tomilho e a salsa. Coloque a pimenta-do-reino e a pimenta.
Misture bem, cobrir de água e deixe cozinhar em fogo brando por 20 minutos, no mínimo.
No momento de servir, adicione o suco de limão e ajuste o tempero.
Este prato é acompanhado de arroz branco e de uma salada composta.

Receita fácil

Quais os ingredientes de uma sopa de carneiro 

Para 8 pessoas, você precisa de:

  • 900 g de cordeiro ou carneiro cortado em cubos de 3 cm,
  • 120 g de macarrão cabelo de anjo quebrado em pedacinhos,
  • 50 ml de azeite de oliva,
  • 250 g de manteiga,
  • 2 cebolas grandes picadas,
  • 1 ramo de aipo com as folhas picadas,
  • 2 dentes de alho picados,
  • 2 cenouras sem pele e picadas,
  • 120 de abóbora sem casca e picada,
  • ½ pimentão vermelho picado,
  • 3 batatas grandes sem casa e picadas,
  • 2,5 litros de água fria,
  • 1 colher de chá de tomilho amassado,
  • 1 pitada de pimenta-do-reino branca, 1 pitada de sal, 1 folha de louro,
  • 1 colher de sopa de concentrado de tomate.

Como preparar a sopa de carneiro?

Numa panela de fundo grosso, esquente o óleo e a manteiga em fogo baixo.
Refogue as cebolas, o aipo, o alho, as cenouras, a abóbora, o pimentão vermelho, as batatas e o cordeiro durante 5 a 7 minutos.
Adicione a água, o tomilho, a pimenta-do-reino branca, o sal, o louro e o concentrado de tomate.
Cubra e deixe cozinhar em fogo brando durante 2 horas, limpando a superfície de vez em quando, com a escumadeira.
Incorpore o cabelo de anjo e deixe cozinhar sem cobrir a panela durante 10 minutos, até que o macarrão esteja bem cozido.
No final, ajuste o tempero.

Fontes: Ma Chance’s French Caribbean Creole Cooking
Jeanne Louise Duzant Chance G. P. Putman’s Sons Publisher.

O que era, originariamente, uma broa de milho inventada pelos índios tornou-se um pãozinho fabricado com farinha de trigo. Ora chamado de Johnny cake, ora apelidado de Journey cake, esta especialidade de Saint-Martin incrementa e acompanha os pratos quentes. É consumido quente ou frio.

Você pode degustá-lo como um delicioso pãozinho dourado que fornece energia graças aos seus açúcares lentos.

Receita fácil

Quais os ingredientes de um journey cake?

Para uma dúzia de pãezinhos você precisa de:

  • 300 gramas de farinha de trigo,
  • 1 colher de café de fermento,
  • 1 grande colher de açúcar,
  • 2 colheres grandes de manteiga,
  • um pouco de sal e de água para molhar a massa.

Como fazer um journey cake?

Para começar, é preciso peneirar a farinha, o fermento, o açúcar, o sal e depois misturar perfeitamente com a manteiga derretida.
Misture tudo com a mão e adicione um pouco de água em função da consistência da massa. Ela não deve ficar nem muito grudenta, nem muito seca.
Em seguida, faça uma bola com a massa para esticar e moldar uma dúzia de bolinhas de pão. Depois, achate-as um pouco, como pequenos pãezinhos.
Para terminar, cozinhe e doure dos dois lados, numa grande frigideira com um pouco de óleo. Deixe secar sobre papel-toalha.
Agora, só falta degustar esta receita típica de Saint-Martin!

Receita fácil

Quais os ingredientes de um bolo de batata-doce 

Para 12 pessoas, você precisa de:

  • 1,5 kg de batatas-doces sem casca e raladas grosseiramente,
  • 150 g a 180 g de açúcar,
  • 120 g de abóbora sem casca e sem sementes ralada grosseiramente,
  • 120 g de manteiga amolecida,
  • 1 colher de chá de canela em pó,
  • 4 gemas batidas,
  • 500 ml de leite,
  • 30 g de farinha,
  • 2 colheres de sopa de extrato de baunilha,
  • ½ colher de café de noz-moscada moída,
  • 1 pitada de pimenta-síria,
  • 1 pitada de pimenta-do-reino,
  • 200 g de uvas-passas, 2 colheres de sopa de rum ou Brand,
  • 4 claras.

Como preparar o bolo de batata-doce?

Pré-aqueça o forno a 180°C. Adicione todos os ingredientes, menos as claras, e misture bem.
Em seguida, incorpore as claras em neve.
Cozinhe numa forma untada durante cerca de 1 hora.
O bolo pode ser servido quente ou frio, coberto com creme batido ou acompanhado de sorvete.

Fontes: recette gâteau de patate douce – Ma Chance’s French Caribbean Creole Cooking
Jeanne Louise Duzant Chance G. P. Putman’s Sons Publishers

s