24° 26°
Weather
Favoris 0
Entre ciel et mer

Entre a terra e o mar, fauna e flora

Com seu clima às vezes seco, a ilha de Saint-Martin oferece uma vegetação diferente das ilhas vizinhas, caracterizada por um contraste entre uma vegetação seca nas partes baixas e uma vegetação mais exuberante nos relevos. As plantas mais comuns são as videiras à beira-mar, as sumaúmas e as gumbo-limbo. Uma grande variedade de plantas também foi introduzida no território, como tamarindeiros, coqueiros, bananeiras, mangueiras, buganvílias e flamboyants. O cacto-cabeça de inglês, as orquídeas endêmicas e os guaiacos são essências raras e protegidas. Eles se beneficiam de missões de preservação e reintrodução na ilha.

Réserve Côtes Rocheuses

À beira das praias e das costas rochosas, numerosas espécies de pássaros marinhos coabitam, como a gaivota, a andorinha do ártico, a fragata, o pelicano marrom, a águia-pescadora, o atobá-pardo e o rabo-de-palha.

A criação da Reserva Natural Nacional de Saint-Martin em 1998 permitiu melhorar o conhecimento dos meios naturais e da biodiversidade, garantindo a proteção de certos ambientes frágeis.

Cactus tête à l'Anglais

Passear na Reserva Natural de Saint-Martin

A Reserva Natural Nacional de Saint-Martin, com uma área de 3.060 hectares, está situada na parte nordeste da ilha. Ela garante a preservação dos cinco principais ecossistemas da ilha: o recife de coral, o manguezal, o herbário de fanerógamas, o lago e a floresta seca costeira. Você pode descobrir a fauna e a flora de Saint-Martin, aventurando-se nos territórios protegidos e reconhecidos como patrimônio natural, respeitando as instruções e o bom senso. Passear na Reserva Natural é uma experiência única, entre a terra e o mar e quando o céu encontra o mar.

Végétation sèche
Mangrove Paletuviers Rouge

A parte terrestre

A parte terrestre da Reserva Natural é composta pelas costas rochosas, falésias, praias e manguezais. Estes últimos são dominados pelo mangue-vermelho, encontrado nas lagoas de água salobra. Lagoas e manguezais são sistemas biológicos muito produtivos e constituem creches para as formas jovens das espécies de crustáceos e peixes. Estas áreas úmidas também fornecem alimento e abrigo para muitas aves (cerca de 50 espécies registradas) e para a fauna selvagem de Saint-Martin. Embora não nativos da ilha e invasivos, você pode ver pequenos mamíferos, como guaxinins e mangustos, alimentando-se de caranguejos, ovos e pequenos peixes que vivem nos manguezais e nos numerosos recifes de corais ao longo da costa.

Você pode observar iguanas se aquecendo nas partes rochosas da costa ou se alimentando nas florestas. A espécie mais comum foi introduzida (iguana comum) e levou à rarefação da iguana das pequenas Antilhas. Três tipos de tartarugas marinhas (tartaruga-verde, tartaruga-de-pente e tartaruga-de-couro) chegam para desovar na costa e, mais particularmente, nas grandes praias da costa leste e nas ilhotas.

Tortue Verte Tintamarre
Iguane

A parte marítima

A parte marítima da Reserva Natural é a maior, com uma superfície de mais de 2.900 hectares. Ela é composta de herbários de fanerógamas marinhas e de numerosas formações de coral. Em Saint-Martin, os herbários são fanerógamas, ou seja, são compostos por plantas com flores e não de algas. Esta flora de Saint-Martin desempenha um papel considerável e possui um alto valor ecológico. Estes herbários, assim como o fundo de coral, abrigam numerosas espécies de invertebrados e moluscos (estrelas-do-mar, ouriços, lagostas, cigarras-do-mar, lambis), bem como muitas espécies de peixes (peixe-cofre, garoupa, peixe-cirurgião, peixe-papagaio, tarpão, barracuda, peixe-anjo). Mais longe, você poderá observar baleias jubarte durante o período de reprodução, entre janeiro e maio, além de grandes golfinhos. O conjunto das águas francesas antilhanas constitui o santuário AGOA, dedicado à preservação dos mamíferos marinhos.

Réserve Naturelle de Saint-Martin - Coraux
Réserve Naturelle

A regulamentação

A introdução de espécies não nativas e invasivas é uma das principais causas da erosão da biodiversidade. No interesse da preservação ambiental, uma regulamentação específica foi estabelecida por decreto ministerial na Reserva Natural de Saint-Martin.

No perímetro da Reserva, é proibido, salvo em caso de autorização, lesar a fauna e a flora de Saint-Martin:

  • incomodar, perturbar ou interferir com os animais, seus ovos, ninhadas ou ninhos, ou levá-los embora
  • colher, destruir, retirar ou introduzir vegetais
  • caçar, pescar com anzol, rede, gaiolas, praticar caça submarina com arpão ou instrumento similar, coletar animais vivos ou mortos
  • abandonar ou depositar qualquer produto da natureza que possa prejudicar a qualidade da água, do ar, do solo ou do local ou a integridade da fauna e da flora
  • abandonar ou depositar qualquer tipo de lixo
  • perturbar a paz e o sossego do local por qualquer distúrbio sonoro
  • acampar sob uma tenda, em um veículo ou em qualquer outro abrigo. Prejudicar o ambiente natural, acendendo fogueiras fora das instalações previstas para este fim ou fazendo inscrições diferentes daquelas necessárias para a informação pública ou para a gestão da Reserva Natural
  • praticar esqui aquático e jet-ski em toda a extensão da Reserva Natural
  • coletar minerais, fósseis e restos arqueológicos
  • sobrevoar a Reserva Natural a uma altura inferior a 300 metros.

Informação prática

0.-Se-balader-dans-la-Reserve-Naturelle

RESERVE NATURELLE DE SAINT-MARTIN

Visite
Je découvre